Tabela INSS - Cursos Nova Era

Acesso

Acesso restrito para
sua conta

Tabela INSS

Tabela INSS válida a partir de Janeiro 2018.  

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$)

ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS (%)

Até 1.693,72

8,00

De 1.693,73 até 2.822,90

9,00

De 2.822,91 até 5.645,80

11,00

O Salário-Família por filho ou equiparado de qualquer condição, até 14 anos de idade, ou inválido de qualquer idade:  

REMUNERAÇÃO MENSAL  (R$)

VALOR DA QUOTA (R$)

Não superior a 877,67

45,00

De 877,68 até 1.319,18

31,71

Portaria MF nº 15 - DOU 17/01/2018. 

 

Tabela INSS válida a partir de Janeiro 2017.  

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$)

ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS (%)

Até 1.659,38

8,00

De 1.659,39 até 2.765,66

9,00

De 2.765,67 até 5.531,31

11,00

O Salário-Família por filho ou equiparado de qualquer condição, até 14 anos de idade, ou inválido de qualquer idade:  

REMUNERAÇÃO MENSAL  (R$)

VALOR DA QUOTA (R$)

Não superior a 859,88

44,09

De 859,89 até 1.292,43

31,07

Portaria MF nº 08 - DOU 16/01/2017. 

 

Tabela INSS válida a partir de Janeiro 2016.  

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$)

ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS (%)

Até 1.556,94

8,00

De 1.556,95 até 2.594,92

9,00

De 2.594,93 até 5.189,82

11,00

O Salário-Família por filho ou equiparado de qualquer condição, até 14 anos de idade, ou inválido de qualquer idade:  

REMUNERAÇÃO MENSAL  (R$)

VALOR DA QUOTA (R$)

Não superior a 806,80

41,37

De 806,81 até 1.212,64

29,16

Portaria Interministerial MTPS/MF nº 1 - DOU 11/01/2016. 

 

Tabela INSS válida a partir de Janeiro 2015.  

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$)

ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS (%)

Até 1.399,12

8,00

De 1.399,13 até 2.331,88

9,00

De 2.331,89 até 4.663,75

11,00

O Salário-Família por filho ou equiparado de qualquer condição, até 14 anos de idade, ou inválido de qualquer idade:  

REMUNERAÇÃO MENSAL  (R$)

VALOR DA QUOTA (R$)

Não superior a 725,02

37,18

De 725,03 até 1.089,72

26,20

Portaria Interministerial nº 13 de 09-01-2015 DOU 12-01-2015. 

 

 

Tabela INSS válida a partir de Janeiro 2014.  

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$)

ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS (%)

Até 1.317,07

8,00

De 1.317,08 até 2.195,12

9,00

De 2.195,13 até 4.390,24

11,00

O Salário-Família por filho ou equiparado de qualquer condição, até 14 anos de idade, ou inválido de qualquer idade:  

REMUNERAÇÃO MENSAL  (R$)

VALOR DA QUOTA (R$)

Não superior a 682,50

35,00

De 682,51 até 1.025,81

24,66

Notícia site da Previdência em 10/01/2014. 

 

 

Tabela INSS válida a partir de Janeiro 2013. (Retificada em DOU de 11-01-2013)

 

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO

(R$)

ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS (%)

Até 1.247,70

8,00

De 1.247,71 até 2.079,50

9,00

De 2.079,51 até 4.159,00

11,00

 

O Salário-Família por filho ou equiparado de qualquer condição, até 14 anos de idade, ou inválido de qualquer idade, passa a ser de:  

REMUNERAÇÃO MENSAL

 (R$)

VALOR DA QUOTA (R$)

Não superior a 646,55

33,16

De 646,56 até 971,78

23,36

Portaria Interministerial 15 MPS-MF, de 10-01-2013, publicada no Diário Oficial de 11-01-2013. 

 

Tabela INSS a partir de Janeiro 2012 conforme notícia do site da Previdência Social.

 

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO

(R$)

ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS (%)

Até 1.174,86

8,00

De 1.174,87 até 1.958,10

9,00

De 1.958,11 até 3.916,20

11,00

 

O Salário-Família por filho ou equiparado de qualquer condição, até 14 anos de idade, ou inválido de qualquer idade, passa a ser de:  

REMUNERAÇÃO MENSAL

 (R$)

VALOR DA QUOTA (R$)

Não superior a 608,80

31,22

De 608,81 até 915,05

22,00

 

Nova Tabela INSS válida a partir de Julho de 2011, publicada pela  Portaria Interministerial 407 MPS-MF publicada no Diário Oficial de hoje, dia 15-7-2011 

A Tabela a ser aplicada, para pagamento de remuneração realizado a partir de julho/2011, é a seguinte:

 

 

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO

(R$)

ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS (%)

Até 1.107,52

8,00

De 1.107,53 Até 1.845,87

9,00

De 1.845,88 Até 3.691,74

11,00

 

O Salário-Família por filho ou equiparado de qualquer condição, até 14 anos de idade, ou inválido de qualquer idade, passa a ser de:

 

REMUNERAÇÃO MENSAL

 (R$)

VALOR DA QUOTA (R$)

Não superior a 573,91

29,43

De 573,92 Até 862,60

20,74

 

 

Nova tabela INSS válida a partir de janeiro 2011 - Publicada pela Portaria 568 de 31-12-2010

 

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO
(R$)
 ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS (%)
 Até 1.106,90  8,00
 De 1.106,91 Até 1.844,83  9,00
 De 1.844,84 Até 3.689,66  11,00

O valor do desconto máximo de Previdência é de R$405,86.

Os novos limites para concessão da quota do Salário-Família por filho ou equiparado de qualquer condição, até 14 anos de idade, ou inválido de qualquer idade, passa a ser: 

REMUNERAÇÃO MENSAL
(R$)
 VALOR DA QUOTA
(R$)
 Não superior a 573,58  29,41
 De 573,59 até 862,11  20,73

 

 

Tabela INSS - Publicada pela Portaria Interministerial 333 MPS-MF, de 29-6-2010, publicada no Diário Oficial dia 30-6-2010, com efeito retroativo à 16-06-2010 e válida até dezembro 2010.

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO
(R$)
 ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS (%)
 Até 1.040,22  8,00
 De 1.040,23 Até 1.733,70  9,00
 De 1.733,71 Até 3.467,40  11,00

 

A partir de 16-06-2010, o limite para concessão da quota do Salário-Família por filho ou equiparado de qualquer condição, até 14 anos de idade, ou inválido de qualquer idade, passa a ser

REMUNERAÇÃO MENSAL
(R$)
 VALOR DA QUOTA
(R$)
 Não superior a 539,03  27,64
 Superior a 539,03 e igual ou inferior a 810,18  19,48

 

Tabela INSS - Validade a partir de Janeiro de 2010.

Segurados empregados, inclusive domésticos e trabalhadores avulsos 

Salário de Contribuição Percentual Salário Família
até 1.024,97 8,00 Até R$ 531,12 = 27,24
1.024,98 até 1.708,27 9,00 Até R$ 798,30 = 19,19
1.708,28 até 3.416,54 11,00 0,00
     
* O desconto dos empregados relativo à previdência social respeita o teto máximo de R$3.416,584 - quem recebe salários superiores a esse valor somente contribui até esse limite máximo, correspondendo a 11% = R$ 375,81.
* As contribuições da empresa não se limitam ao teto máximo e são calculadas sobre o valor total

A MP nº 474/2009, de  23 de dezembro de 2009, alterou o salário mínimo para R$ 510,00 a partir do dia 1° de janeiro de 2010. 

Tabela INSS - Validade a partir de Fevereiro de 2009.

Segurados empregados, inclusive domésticos e trabalhadores avulsos 

A Portaria interministerial MPS/MF Nº 48, de 12 de  fevereiro de 2009-DOU 13.02.2009, que alterou o reajuste dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social - INSS e os valores da nova tabela de contribuição. 

Salário de Contribuição Percentual Salário Família
até 965,67 8,00 Até R$ 500,40 = 25,66
965,68 até 1.609,45 9,00 Até R$ 752,12 = 18,08
1.609,46 até 3.218,90 11,00 0,00
     
O desconto dos empregados relativo à previdência social respeita o teto máximo de R$3.218,90 - quem recebe salários superiores a esse valor somente contribui até esse limite máximo, correspondendo a 11% = R$354,07.
* As contribuições da empresa não se limitam ao teto máximo e são calculadas sobre o valor total.

Valor Salário Mínimo fevereiro de 2009

A A MP nº 456/2009,  convertida Lei nº 11.944 de 28-05-2009 - DOU 29-05-2009, alterou o salário mínimo para R$ 465,00 a partir do dia 1° de fevereiro de 2009. 

Tabela INSS - Validade a partir de Março de 2008

 

Segurados empregados, inclusive domésticos e trabalhadores avulsos

Salário de Contribuição Percentual Salário Família
até 911,70 8,00 Até R$ 472,43 = 24,23
911,71 até 1.519,50 9,00 Até R$ 710,08 = 17,07
1.519,51 até 3.038,99 11,00 0,00
     
* O desconto dos empregados relativo à previdência social respeita o teto máximo de R$3.038,99 - quem recebe salários superiores a esse valor somente contribui até esse limite máximo, correspondendo a 11% = R$334,28.
* As contribuições da empresa não se limitam ao teto máximo e são calculadas sobre o valor total.

Salário mínimo R$ 415,00 a partir de 1º de março

 

A Medida Provisória nº 421, publicada em Edição Extra do Diário Oficial da União em 29.02.2008 aprovou o novo salário mínimo no valore de R$ 415,00 (quatrocentos e quinze reais), a partir de 1º de março de 2008. Sendo o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 13,83 (treze reais e oitenta e três centavos) e o valor horário a R$ 1,89 (um real e oitenta e nove centavos). 

 

Tabela INSS - Validade a partir de Janeiro de 2008.

Segurados empregados, inclusive domésticos e trabalhadores avulsos

Salário de Contribuição Percentual Salário Família
até 868,29 8,00 Até R$ 449,93 = 23,08
868,30 até 1.447,14 9,00 Até R$ 676,27 = 16,26
1.447,15 até 2.894,28 11,00 0,00
     
* O desconto dos empregados relativo à previdência social respeita o teto máximo de R$2.894,28 - quem recebe salários superiores a esse valor somente contribui até esse limite máximo, correspondendo a 11% = R$318,37.
* As contribuições da empresa não se limitam ao teto máximo e são calculadas sobre o valor total.

 

Formas de Pagamento
Convênios

Cursos Nova Era - 2018 - Todos os direitos reservados by SoftD